Avança, até chegar!

Todos nós temos um passado, de lutas e glórias, altos e baixos, conquistas e decepções, aprendizados. Enfim, uma seleção de fatos, memórias e sentimentos. Podemos contar a nossa história de diversas formas. Certa vez, numa aula de Psicossíntese, nos foi proposto um exercício que me marcou muito e trouxe reflexões que compartilho sempre nas Lives, Palestras, Treinamentos e atendimentos. O exercício era o seguinte: recebemos no papel uma frase O INVERNO ESTÁ CHEGANDO. Em dupla, tínhamos que repetir a frase algumas vezes, com a entonação e o sentimento correspondente à raiva, medo, tristeza, nojo, alegria e amor. Muito interessante que a frase era sempre a mesma, o que mudava era o sentimento. Assim é quando contamos a nossa história ou algum fato ocorrido em nossa trajetória. Podemos contar esse fato com ressentimento, culpa, medo, revolta, remorso, gratidão, aceitação, como um aprendizado etc. Por isso, de tempos em tempos, conto a minha história, ou algum fato marcante e triste, para mim mesma. E toda vez que conto, aprendo um ponto, ressignifico, limpo as emoções ligadas ao evento e detecto algum aprendizado que me favorece no momento presente. Podemos aprender muito com os nossos erros e acertos.

Limpar as memórias emocionais ligadas aos eventos, organizar as memórias no passado, num exercício imaginário de colocá-las numa caixa e arquivar. As memórias desgastantes, constantemente revividas, geram cansaço em todos os níveis: físico, emocional e mental. Perturbam os planos atuais, interferem na qualidade de vida, criatividade, limita o potencial. Limpando as memórias dos sentimentos envolvidos nos acontecimentos desagradáveis, limpa o medo de realizar, de avançar para novos objetivos, fluir.

É impossível esperar resultados positivos da união de incompatibilidades. Todo o teu ser precisa acreditar no seu sonho, no objetivo. Acreditar que você é capaz, merecedor e vai vencer, conquistar o resultado desejado. O que realmente você quer alcançar?

Não procure motivação nas atividades durante o trajeto até chegar ao seu objetivo. Tenha clareza do motivo para fazer as atividades. Mantenha o foco no você quer alcançar. Mais importante que a motivação, é a persistência, resiliência e o compromisso com você mesmo. Se tiver motivação, ótimo. Senão, levanta o bumbum da cadeira e vai assim mesmo. O seu objetivo está te esperando.

Precisamos de um rumo, um alvo a atingir, um sonho a realizar, uma meta a alcançar, um porto a chegar. Por isso definimos metas, objetivos. Nosso compromisso com a evolução, com os nossos potenciais, inteligência e capacidade nos convidam a agir, avançar, crescer, expandir. Quando isso não ocorre e ficamos parados na zona de conforto, ou do medo e insegurança, sentimos os efeitos deletérios no corpo, nas emoções, no vazio existencial de uma vida sem propósitos, mínima. Não me refiro apenas às conquistas materiais, mas ao crescimento interior, aos aprendizados sobre nós mesmos.

Durante a travessia até chegar aos nossos objetivos, encontramos diversos obstáculos, curvas, pedras no caminho.  Se não controlarmos a energia de ansiedade, vamos nos debater e a vida fica parecendo areia movediça. A ansiedade é o maior desafio, atualmente. Quando sentir que a ansiedade está chegando. Pare. Contemple qualquer coisa positiva, real ou imaginária: flor, respiração, pintura, som, música, objeto, o céu, direcione a sua atenção.

Como manter a mente focada no objetivo? Para alimentar a perseverança, contemple o sonho, o objetivo em andamento, como se estivesse numa varanda observando a linda paisagem do seu objetivo acontecendo.

Fecha as portas por onde entram as trevas da ansiedade, do medo, da crença de não capacidade, dos pensamentos catastróficos. Os monstros estão dentro de nós. Nasceram de crenças milenares, visões distorcidas da realidade, manipulações. Mas tudo isso pode ficar para trás. Acende a sua luz. Não se deixe sozinho, seja sua boa companhia constante. Como um bom amigo que te dá força, joga para cima, acredita em você e aprende a se valorizar a cada passo. Coluna ereta, ombros abertos, cabeça erguida.

Filtrar o que você se permite absorver, ver, sentir, pensar, falar, fazer. Evite desgastes desnecessários. Escolhas boas práticas, boas companhias. Você precisa da sua energia, que é preciosa, para ter foco e disposição para alcançar o que você realmente quer.

Procure manter, acima de tudo, a fé. A fé fortalece, alivia, conforta. Procure poupar a tua saúde, preservar o seu corpo. O vigor do corpo é importante para lidar com os altos e baixos. Esteja com o corpo forte, saudável, preparado para a vida e tudo o que acontecer nela, seja o que for.

Ao cruzar a linha de chegada, alcançar o seu objetivo, esteja bem para comemorar, agradecer e compartilhar com todos que estiveram ao seu lado.

Um grande abraço!

Deixe o seu comentário, sugestão, pergunta. É muito bem-vindo e nos ajuda a definir temas e trazer conteúdo relevante para você! Obrigada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.